Um mundo de oportunidades dentro do futebol

05/05/2016

Craque do Amanhã reúne pais e personalidades do esporte para discutir possibilidades no futebol.

Apesar de muitas crianças sonharem em vestir a camisa 10 do seu time, são poucos aqueles que conseguem chegar ao futebol profissional e ainda menor o número de atletas que chegam a um grande clube com salário milionário. A grande maioria que dedica parte da sua vida ao esporte acaba tendo que buscar oportunidades em outras áreas profissionais. Pensando nisto, o Craque do Amanhã convidou personalidades do esporte para discutir com os beneficiários e seus pais a importância dos estudos e as possibilidades de atuação profissional dentro do esporte.

“A gente pode sonhar que vai chegar a um time grande, mas precisamos ter um plano B. Por isso é importante estudarmos”, recomendou a ex-atleta e atual supervisora de futebol feminino no Corinthians Osasco Audax, Aline Pellegrino. A ex-capitã da seleção brasileira, que é formada em Educação Física, compartilhou no evento, realizado no dia 30/04, sua experiência e conquistas no futebol, como medalha de prata nas olimpíadas de Atenas, medalha de ouro no Pan-Americano, vice-campeã da Copa do Mundo, campeã da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.

Reforçando a importância de buscar a formação em outras áreas, Douglas D’Andrea, presidente do Instituto Esporte e Vida, apresentou possibilidades de atuar com o futebol sem necessariamente ter que calçar as chuteiras. “Todo time precisa de um fisioterapeuta para trabalhar com os jogadores, de um nutricionista para indicar a alimentação adequada, de um jornalista para fazer a assessoria de imprensa, de um advogado para cuidar da parte jurídica do clube. Enfim, tem muitas possibilidades”, afirmou Douglas.

O casal Vera e Dorival têm quatro filhos que participam do projeto Craque do Amanhã. Dois deles foram indicados pelo CIEDS e estão fazendo o curso de Formação de Jovens no Esporte, oferecido pela USP, que promove encontros que buscam qualificar jovens para o planejamento e desenvolvimento de eventos esportivos e preparar lideranças para a mediação de situações esportivas. “Além de termos dois filhos fazendo o curso de Formação de Jovens no Esporte, temos um que passou na peneira do Corinthians, mas ainda assim ele continua participando do projeto”, revelou Dorival.

Já a mãe destacou o trabalho que o projeto realiza com os pais. “Nós aprendemos muito com o projeto. Às vezes, também passamos alguns limites e o projeto nos ajuda a repensar a maneira de educarmos os filhos. Nós queremos ser pais melhores e sabemos que precisamos conversar com eles para que pensem em outras possibilidades além de se tornar um atleta”, reforça Vera.

O Craque do Amanhã é realizado pelo CIEDS e patrocinado pela empresa White Martins, via Lei Paulista de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Governo do Estado de São Paulo. Outros importantes parceiros do projeto são o Grêmio Osasco Audax, representado no evento pelo Diretor de Esportes, Adelsio Reis; a Secretaria Municipal de Esportes de Osasco, representada pelo Secretário Tinha Di Ferreira; o Grêmio Esportivo Espada de Ouro; a AMME - Associação Mantenedora de Mães Especiais, que encaminha PCDs (pessoas com deficiência) para o projeto, e a Cia. Repara Mundo, que realizou uma apresentação teatral no evento.

Autor: Rafael Biazão