Receitas viram instrumento de aprendizado

24/06/2013

Bairro Educador e escolas inovam ao unir as obras de Vinícius de Moraes ao cardápio de estudantes.

Comemorar o centenário do poeta e compositor brasileiro Vinícius de Moraes através da culinária foi a proposta da 4ª edição do Degusta Alemão, evento que com o apoio do projeto Bairro Educador, Programa Saúde nas Escolas (PSE) e Cientistas do Amanhã, reuniu na terça feira, 18, estudantes e professores de 12 unidades escolares do Complexo do Alemão, no pátio da Escola Municipal Professor Affonso Varzea, no Rio de Janeiro.

O Bairro Educador ao realizar diferentes atividades educativas envolvendo as obras de Vinícius de Moraes trabalhou junto com os professores os conteúdos pedagógicos a partir de cardápios que vão desde petiscos a sobremesas, destacando a importância da alimentação saudável para uma boa qualidade de vida.

Além de aprender a fazer saladas de frutas, empadas de frango lights, montar sanduíches saudáveis, dentre outras iguarias, os estudantes também tiveram a oportunidade de conhecer a biografia de Vinícius de Moraes, reconhecido mundialmente por suas composições  “Garota de Ipanema” e “Aquarela do Brasil”.

“A Casa”, “Garota de Ipanema”, “Aquarela do Brasil”, dentre outras canções de Vinícius, foram transformadas em paródias pelos estudantes, que inovaram ao utilizar as músicas para criar uma grande variedade de receitas, onde também se basearam na coletânea infantil “A arca de Noé” de autoria do compositor. A estudante Ana Carolina Santana, de 11 anos, da Escola Municipal Professora Vera Saback Sampaio, afirmou que passou a conhecer Vinícius de Morais e suas obras a partir do “Degusta”.

“Eu não sabia nada sobre Vinícius de Moraes. Comecei a estudar as obras dele e conhecer as suas músicas na escola. Gosto da música Garota de Ipanema, porque fala sobre as belezas do Rio de Janeiro e como a cidade mudou até hoje”, disse a estudante.

Com farinha e manteiga, é uma dica
Vá untando a forminha da empadinha (...)  -  paródia da música Galinha d’Angola, feita pelos estudantes da Escola Municipal Nereu Sampaio.

Karina Serra, professora da Escola Municipal Professor Affonso Varzea, falou sobre a importância do Degusta para trabalhar com os estudantes o conteúdo pedagógico de uma forma mais lúdica.

“Trabalhamos formas geométricas, as sílabas das palavras, arte, alimentação saudável e algumas palavras em inglês, pois a Affonso Várzea, possui um projeto bilíngue há quatro anos”, disse Karina.

O “Degusta” contou com a apresentação artística das turmas de Educação Infantil da Escola Municipal Professor Affonso Varzea, cantando a música “A foca” e dos gestores de projeto do BE, Rangel Vieira e Leonardo Oliveira, que cantaram e tocaram algumas composições de Vinícius de Moraes.

O Bairro Educador realizou, durante o evento, um jogo com os responsáveis, com o objetivo de identificar se os mesmos acompanham o desempenho dos filhos em sala de aula e como agiriam em determinadas situações cotidianas nas unidades escolares.

“Este evento serviu para mostrar que os pais podem ter um bom entrosamento com a escola, pois nos aproxima mais ainda tanto dos nossos filhos como das professoras e diretoras”, comentou Rafaele Paulo de Sousa, mãe por um estudante do EDI- Espaços de Desenvolvimento Infantil - Professora Luisa Helena Maia Medeiros.

Autor: Ana Paula Santana