“Quanto mais os jovens sentirem que têm o controle sobre suas vidas, melhor o futuro será”

18/02/2019

Rede Pró-Aprendiz Rio em parceria com a Arte de Viver traz Bill Herman, especialista na área de Educação Emocional, para palestra motivacional

Todos temos alguma parte de nós que não nos agrada, algo que nos faz agir de uma forma que não gostaríamos, que mais parece que “apertaram um botão” dentro da gente. 

Foi com essa provocação que Bill Herman, diretor do YES - (Youth Empowerment Seminar), programa mundial que oferece workshops sobre educação emocional em escolas, iniciou sua palestra “Liderando a Própria Vida” com os jovens do programa Rede Pró-Aprendiz Rio.

O evento deu espaço para que eles trocassem experiências, interagissem com seus colegas e refletissem sobre atitudes que bloqueiam seu progresso e os fazem perder o controle de suas vidas. A fala de Bill destacou a importância da autorresponsabilização e também da necessidade de se criar novas formas de olhar para o mundo ao redor.

Mariane Braga, aprendiz, dividiu com o auditório lotado uma das coisas que mais a incomoda: sua autoestima. Após a experiência, comentou: “Quando alguém vem até você e te diz como manter a calma e focar, pegar as suas qualidades e melhorá-las, é muito bom. Isso me fez pensar sobre atitudes que eu tomava e não sabia o porquê”.  

Bill encorajou os jovens a tomarem atitudes frente àquilo que os assustava ou que era fruto de reclamações em suas vidas: “O que eu quis fazer hoje foi mostrar às pessoas que tudo é possível, elas apenas precisam tomar posse deste poder. Aqui, durante a palestra, damos ferramentas específicas para que elas façam isso”. 

Tudo isso dialoga perfeitamente com o que é dado em sala no programa Rede Pró-Aprendiz Rio: “Nossa metodologia, que foca no desenvolvimento socioemocional, fala justamente sobre a importância da respiração, da valorização do momento presente, de se estar focado e consciente do que se faz. Momentos como o da palestra são importantes para que o jovem possa ouvir esses ensinamentos de outras pessoas, além dos nossos educadores que estão no dia a dia”, comenta Aline Brito, Coordenadora da Rede Pró-Aprendiz Rio.

Brena Boaventura, também aprendiz, captou a mensagem muito bem: “Algo impactante que Bill disse é que precisamos aceitar os nossos problemas para depois lidar com eles e isso é fundamental. Hoje eu recebi um choque de realidade e fiquei muito feliz de ter participado”.


 

Autor: Victoria Guimarães