Conheça os impactos positivos dos nossos projetos no atual cenário

15/06/2020

Promovemos confiança no futuro em meio aos desafios da pandemia

Sejam nos novos projetos, sejam naqueles que já existiam e passaram por mudanças para continuarem em seus propósitos, fortalecemos nossas redes e construímos novas parcerias para promover a prosperidade neste momento em que o COVID-19 agrava as vulnerabilidades sociais.
Conheça a seguir parte dos impactos positivos que estamos alcançando:

PESC e AGIR:

Junto com o Instituto Vale apoiamos a adequação dos negócios participantes dos projetos PESC e AGIR, em Serra (ES) Governador Valadares (MG), durante o COVID-19, como por exemplo com a realização da primeira live sobre “Como se reinventar na crise e trazer seu produto para o digital?” que contou com 86 participantes e mais de 405 visualizações.

Durante este período, fortalecemos 136 empreendedores oferecendo 300 horas de mentorias e consultorias especializadas, bem como incentivando à atuação em rede. Ainda com apoio dos projetos, 90% dos empreendedores passaram a atender via delivery e a maioria afirma que as ações realizadas pelo PEC e AGIR os ajudaram a lidar com os desafios deste momento de crise e incertezas. 

Redes de Territórios Educativos:

Com o Itaú Social apoiamos as instituições das redes de São Luís (MA), Aquiraz (CE), Cuiabá e Várzea Grande (MT)  na construção dos planos emergenciais para atuarem na resposta ao COVID-19, permitindo também o acesso a recursos diretos do Banco Itaú para aquisição de quase 34 mil cestas básicas e quase 34 mil kits de higiene, como também a sustentabilidade das organizações. Foram 107 organizações sociais apoiadas, o que impactou 359 funcionários e 11320 famílias atendidas.

Além disso, lançamos o guia “Dicas e reflexões para fortalecer o trabalho das organizações no contexto de isolamento social”, atingindo 226 multiplicadores das redes.  

Pintar o Bem:

Em parceria com a Suvinil e o Banco Afro impactamos diretamente 17364 pintores de todo o Brasil com acesso a conteúdos qualificados, informações e orientações sobre programas públicos e privados para apoiá-los pessoal e profissionalmente.

Mais de 1940 deles estão em fase de recebimento do apoio financeiro complementar, o que beneficia indiretamente mais de 4 mil pessoas entre dependentes e familiares dos pintores e pintoras. Foram R$ 1.235.767,02 reais arrecadados e 109 doadores envolvidos.   

Pessoas e Negócios Saudáveis:

Esta semana ultrapassamos 37 mil refeições produzidas por negócios locais e distribuídas por organizações sociais para pessoas em vulnerabilidade. Atendemos moradores de comunidades e favelas (93,5%), população em situação de rua (5%) e assentados de reforma agrária (1,5%). 

A parceria com o Instituto Unibanco permitiu a implantação de núcleos em Vila Kennedy (RJ) e em Pacajus (CE), que produzem e distribuem 600 refeições por dia. Com o Instituto Neoenergia atendemos as comunidades do Coqueiro e da Maré (RJ) e do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ); Caieiras, Francisco Morato e Franco da Rocha (SP), distribuindo 300 refeições por dia.

Somando neste trabalho temos a parceria de organizações sociais e iniciativas comunitárias em cada um dos territórios. São elas: Centro Comunitário do Salgueiro, Associação Recreativa Caldeirão do Coqueiro, Redes de Desenvolvimento da Maré, Centro Comunitário Vila Kennedy, Associação dos Deficientes Físicos e Visuais de Caieiras, Associação Reduca, Associação Cultural Comunitária Pró-Morato, Associação Nossa Senhora das Graças e Associação Beneficente da Criança, do Adolescente e do Idoso.

Texto por: Diago Savio Sucar | Foto: Felipe Sousa/Voluntário CCMB

Últimas notícias

  • Carla conta como o Pintar o Bem foi essencial para complementar sua renda

    Grafiteira e moradora de Bangu, sua história com o CIEDS é de longa data.

    Leia Mais
  • Monitora cultural cria projeto para apoiar escritores independentes

    "Lugar de Escrita" é um espaço de lançamento de livros e conexão de autores

    Leia Mais
  • Estudantes do Complexo do Alemão criam marca de cosméticos naturais

    Kurandé foi ideia de Felipe e Claudio, moradores da comunidade

    Leia Mais