Gestão democrática e participação da Família na Escola

06/05/2019

Conheça mais sobre o tema, uma das Cinco Ações do CIEDS pela Educação

A falta de participação das famílias e da comunidade nas escolas é apontada como um dos principais desafios nas redes municipais de ensino, segundo dados da Pesquisa Nacional sobre o Perfil dos Dirigentes Municipais da Educação no Brasil, realizada com 3.410 secretários municipais de educação. A pesquisa, que foi realizada em 2011 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP, também indica que 26,5% dos dirigentes consideram ainda que aumentar a participação das famílias e da comunidade estava entre as cinco prioridades de sua gestão. 

Para contribuir com o avanço deste quadro, o CIEDS, em parceria com a Fundação Itaú Social, fomentou a gestão democrática e a participação da família na escola por meio do projeto Relação Família-escola, que desenvolveu estratégias de engajamento da família no cotidiano escolar, dialogando com os Planos Municipais de Educação e fortalecendo os princípios da Gestão Democrática.

Só no ano de 2017, as ações de participação das famílias foram levadas para 95 colégios e escolas públicas dos estados do Espírito Santo (ES) e Goiás (GO) e da cidade de Santos (SP), sensibilizando 180 gestores sobre a importância da aproximação da família com a gestão escolar e beneficiando diretamente quase 4.000 pessoas nas comunidades em que esteve presente.

Em junho de 2019 será lançada a pesquisa “A participação da família na escola: caminhos possíveis”, na qual o CIEDS, com o apoio do Itaú Social, mapeia quatro iniciativas bem-sucedidas de participação da família na escola. A publicação visa contribuir com secretarias e comunidades escolares que desejem aprofundar seus processos de participação das famílias nas escolas. Fiquem atentos à nossa agenda para acompanhar o lançamento!

Quer saber mais sobre o tema? Confira a publicação já lançada: “Relação família-escola: Relatos e aprendizados de uma Aldeia em construção”.

Autor: Ana Muniz e Victoria Guimarães