Coworking público e gratuito TEIA Mário de Andrade inicia atividades

16/12/2019

‘Só entro nesses espaços para limpar, mas o filho da diarista tá aí’, disse a mãe do Jonathan em seu primeiro dia de trabalho

Os empreendedores da cidade de São Paulo ganharam um motivo para comemorar: o TEIA Mário de Andrade, espaço de trabalho compartilhado, público e gratuito. O objetivo do espaço, que funciona de segunda a sexta, é estimular o desenvolvimento a economia criativa e fortalecer a rede de empreendedorismo cultural da região.  

O TEIA faz parte de um programa da ADE SAMPA, Agência São Paulo de Desenvolvimento, em colaboração com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e com realização do CIEDS.

O espaço conta com uma área equipada com computadores, acesso à internet, sala de formação, local de descompressão com equipamentos de tênis de mesa, sala de reunião, copa e uma sala multiuso que montada de acordo com a demanda dos usuários. 

Segundo Jonathan Alves, ex-participante do programa Jovem Monitor Cultural e atual assistente de projetos do TEIA, o espaço ainda conta com programação pensada a partir do mapeamento das demandas do público local. “Além disso, queremos envolver outros projetos, organizações e empresas do território para fomentar a articulação com e entre os empreendimentos do TEIA, gerando oportunidades de parcerias e investimento”.

Jonathan já é prova da transformação social promovida pelo TEIA, motivo de orgulho para sua mãe. Ele acredita que sua experiência como monitor no Centro Cultural Grajaú, na zona sul da capital paulista, a partir de outra iniciativa também implementada pelo CIEDS em parceria com o município de São Paulo, transformou sua vivência em cultura com projetos e políticas públicas e foi essencial para seu ingresso como funcionário da nossa instituição, com atuação no TEIA.   

“Rede, teia, formigueiro, coletividade. Uma ação puxa a outra e a minha dedicação ao território Grajaú durante minha atuação no Programa Jovem Monitor Cultural possibilitaram minha participação no processo seletivo do TEIA. Fui aprovado e contratado para atuar no espaço de trabalho colaborativo TEIA Mário de Andrade”

O nome “TEIA” vem daí: além de espaços de trabalho colaborativos, as conexões feitas no coworking fortalecem a rede de empreendedorismo da cidade e, consequentemente, gera oportunidades para empreendedores. Jonathan afirma que o TEIA proporciona oportunidades para quem empreende, seja por necessidade ou por opção, mas ainda não tem condições de acesso a estrutura física para trabalhar e, com isso, diminui a desigualdade social. 

“No meu primeiro dia de trabalho minha mãe disse ‘Só entro nesses espaços para limpar, mas o filho da diarista tá aí’, como um conselho para que eu faça valer cada momento que essa oportunidade vai me proporcionar, e meu comprometimento é com que as pessoas que por ali passem também façam valer”.

O uso de todas as áreas é gratuito. Para as salas de reunião, formação ou multiuso é necessário fazer reserva prévia pelo link bit.ly/TeiaMariodeAndrade. Já para usar os demais espaços, basta chegar no endereço Rua Dr. Bráulio Gomes, 139, 1º andar da Hemeroteca Mário de Andrade, localizado no centro histórico de São Paulo (próximo ao metrô Anhangabaú).


De 13 de dezembro a 5 de janeiro o espaço está em recesso, retomando as atividades em 2020 com programação especial de atividades.

Autor: Dayse Porto