Eduque Seu Olhar: uma ação de engajamento para prevenção a violências

21/12/2022

O programa, em seu primeiro ano, foi vencedor do Prêmio Ser Humano

O que começou como um compromisso global de proteção integral aos direitos humanos de Crianças e Adolescentes firmado junto ao UNICEF chega ao fim de 2022 como uma iniciativa premiada pela ABRH-RJ na categoria Organização do Terceiro Setor.  

Durante o último ano, o Eduque Seu Olhar amadureceu e ganhou espaço na organização. Com o nome construído coletivamente pelos colaboradores, o programa tem a perspectiva central de conduzir uma série de ações que visam romper com a naturalização das violências cotidianas e provocar a co-responsabilização de todos os atores na prevenção, denúncia e enfrentamento às violações de direitos de crianças, adolescentes e jovens - sobretudo meninas e mulheres.  

Falar de enfrentamento às violências e abuso sexual é falar de confiança no futuro, tão fundamental à nossa instituição. Os dados são alarmantes: de acordo com o Instituto Liberta, são 500 mil vítimas brasileiras, o que faz o país ocupar o 2º lugar no ranking de exploração infantil, ficando atrás apenas da Tailândia.  

Entendendo a relevância de trabalhar a temática, sobretudo com colaboradores, implementamos ações de formação e conscientização para a prevenção ao abuso e à exploração sexual. Dessa forma, criamos um ambiente para que nossos profissionais fossem capacitados para lidar com a temática junto aos beneficiários dos projetos e em seus territórios. O objetivo é fazer com que eles se sintam seguros e respeitados e que tenham acesso à proteção e à assistência que necessitarem, sem receio de sofrer qualquer tipo de violência.  

Como organização da sociedade civil, o CIEDS assumiu o papel de orientar, mobilizar, educar, incidir e fortalecer as políticas públicas voltadas para criança e adolescente na condução do Eduque Seu Olhar. O programa passou a ser transversal na governança institucional, presente em nossas políticas, Código de Ética, Grupos de Trabalho, campanhas de comunicação, oficinas temáticas e espaços de decisão. 

Desenvolvemos uma campanha de comunicação, 2 Lives, 1 seminário, 2 capacitações com equipes de projetos e a criação de um GT (Grupo de Trabalho) com 10 encontros formativos já realizados, tudo isso articulando parceiros do Ministério Público, Defensoria Pública, Universidades, além de outras organizações do Terceiro Setor para fortalecer as iniciativas internas. Ouvidos em pesquisa de percepção, 74% dos colaboradores revelaram ter tomado novas atitudes em relação à prevenção e combate às violências.   

Todas essas iniciativas do programa nos tornaram não só mais conscientes do tema, mas também vencedores, pelo segundo ano consecutivo, do Prêmio Ser Humano ABRH-RJ na categoria Organização do Terceiro Setor. Temos muito a celebrar! 

#EduqueSeuOlhar: viu uma violação de direitos a crianças e adolescentes? É seu papel denunciar. Disque 100 ou entre em contato com o Conselho Tutelar. 

Texto por: Carolina Furtado

Últimas notícias

  • Como construir seu planejamento e garantir que será cumprido?

    Leia o artigo da área de Planejamento, Gestão e Governança (PGG) do CIEDS

    Leia Mais
  • As mulheres negras e a importância das práticas mobilizatórias

    Leia o artigo de Pepê Silva, Analista de Projetos Sociais do CIEDS

    Leia Mais
  • Redes para nós é acolhimento, prosperidade e mais confiança no futuro

    2023 promete ainda mais impacto positivo, com 25 anos de CIEDS

    Leia Mais