Educação integral e territórios educativos

13/05/2019

Conheça mais sobre o tema, uma das cinco ações do CIEDS pela Educação

A meta número seis do Plano Nacional de Educação prevê que deve ser oferecida educação integral e em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos alunos da educação básica até o ano de 2024.

Para apoiar o alcance desta meta, o CIEDS, em parceria com o Itaú Social, fomenta a educação integral e o desenvolvimento de territórios educativos por meio do projeto Redes de Territórios Educativos. A iniciativa promove a educação integral por meio da potencialização de organizações sociais comunitárias, incentivando sua aproximação com escolas e a realização de ações intersetoriais em rede. Desta forma, as organizações têm como apoiar as escolas também no cumprimento da carga horária necessária.   

Só no ano de 2018, o Redes de Territórios Educativos aumentou a capacidade programática e de gestão de 172 organizações sociais comunitárias nos 4 territórios (São Luís, Várzea Grande, Cuiabá e aquiraz) em que está presente. Além disso, envolveu 26 secretarias municipais nas atividades de parceria com as redes criadas, beneficiando cerca de 56 mil crianças, adolescentes e jovens atendidas pelas organizações sociais que fazem parte dessas Redes.

Além disso, o CIEDS promove formação de gestores e professores por meio de processos formativos que visam ao aperfeiçoamento da prática pedagógica com vistas a propiciar o desenvolvimento integral dos estudantes. Como forma de ampliar o campo de atuação e influência em relação à educação integral, o CIEDS participa do CREI- Centro Integrado de Educação Integral, um coletivo formado por diversas instituições da sociedade civil que promove, desde 2013, a pesquisa, o desenvolvimento metodológico, o aprimoramento e a difusão gratuita de referências, estratégias e instrumentais que contribuam para o fortalecimento da agenda de Educação Integral no Brasil

Quer saber mais sobre o tema? Confira a publicação: Tecendo Redes, Tecendo Amanhãs.

Autor: Ana Muniz e Victoria Guimarães