Diálogo social é caminho para tomada de decisão em empresas

19/01/2022

CIEDS está à frente de pesquisas e diagnósticos territoriais

Você sabia que, além de projetos que geram impacto positivo, o CIEDS também atua com um passo anterior e fundamental, as pesquisas e diagnósticos territoriais? Trata-se de um formato que permite o diálogo social, a partir da escuta das demandas dos territórios, aliado a muita análise de dados. Projetos criados a partir de pesquisas e diagnósticos territoriais costumam ter como característica principal a singularidade: são pensados e modelados em parceria com o financiador e sempre junto às demandas dos territórios e suas populações. E a partir deste olhar é possível um resultado aderente e satisfatório. E os desdobramentos das múltiplas escutas são quase sempre iniciativas inovadoras, criadas a partir dos saberes locais e desse olhar de diversos atores do território, atendendo às principais necessidades da população, em um verdadeiro desenvolvimento para a prosperidade.

O CIEDS mediou, por exemplo, um diálogo importantíssimo entre o Porto do Açu, que opera no Norte Fluminense desde 2014 e é um dos maiores complexos porto-indústria do país, com a população local, para compreender as maiores demandas do território. Foi realizado ainda um monitoramento de indicadores socioeconômicos territoriais, olhando os impactos positivos e negativos da presença do Porto do Açu no município de  São João da Barra.

A pesquisa de percepção da população foi uma mediação do diálogo da população local com o empreendimento, que movimenta muitos recursos ambientais e humanos, gera um impacto local e como grande parte das indústrias,  apresenta tensões nos territórios,. Conseguimos traduzir a expectativa do da população local e aproximar possibilidades.

Um olhar para o futuro das juventudes pela ótica do emprego e da geração de renda foi uma das principais demandas da população. Diante disso, foi construída uma solução de levar o Juventude Empreendedora, tecnologia social do CIEDS atestada pela Fundação Banco do Brasil, para o município do Norte Fluminense.

Outro caso de pesquisa e diagnóstico territorial que o CIEDS liderou foi o da Amil. Quando a operadora de saúde decidiu mudar seus escritórios da Barra da Tijuca para o Centro do Rio de Janeiro, queria conhecer mais o seu entorno. Coletamos diversas informações sobre o território: as coberturas dos serviços essenciais, os programas e políticas públicas que atendiam ou não a região; as demandas das ONGs (organizações não governamentais) e dos coletivos de juventudes e mulheres; o perfil de quem atuava no local; entre outros.

Esse mapeamento foi importante para entender os pontos críticos e potencialidades do território, para que o parceiro pudesse investir da melhor forma em ações sociais que de fato fizessem sentido para o local e atendessem às reais necessidades dos moradores.

A atuação do CIEDS, neste sentido, tem uma ideia de mediação em rede. De um lado, há um parceiro que tem recursos financeiros e um propósito. Do outro lado, há demandas de um território. Nosso papel é fazer a mediação, de forma a beneficiar todos os envolvidos.

Agora, o CIEDS ainda atua em uma nova experiência, maior e mais ousada, com a parceira Iguá, companhia de saneamento que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Realizaremos o diagnóstico territorial de 115 comunidades da zona oeste, uma das principais regiões do Rio de Janeiro, cheia de desafios, sobretudo ligados à segurança pública.

Como os projetos são feitos sob medida, toda a metodologia é desenvolvida para que atenda às necessidades de cada situação. Neste caso da Iguá, como a iniciativa envolve uma parte de coleta e atualização de dados complexa, atuamos ao lado da Logus Consultoria. Por nossa grande experiência com articulação e mobilização territorial, nosso papel se dá principalmente na articulação em campo. 

Ao fim do processo, a entrega de informação de qualidade tem o propósito de dar algum direcionamento ao parceiro na construção de estratégias para o território. Essa inteligência institucional está cada vez mais presente em uma sociedade que toma suas decisões baseadas em dados. E, naturalmente, o terceiro setor segue essa tendência.

Tem interesse em construir um projeto social deste tipo na sua instituição? Entre em contato conosco pelo e-mail parcerias@cieds.org.br. Estamos à disposição para tirar todas as suas dúvidas e construir junto a melhor tecnologia social para a sua empresa.

Texto por: Bruna Santamarina

Últimas notícias

  • Proteger crianças e adolescentes de violências é papel de todos

    Leia o artigo de Aldeli Carmo, Gerente de Inclusão Social e Bem-estar

    Leia Mais
  • No Dia da Luta Antimanicomial, conheça a história de Flávio e Moacir

    Últimos pacientes internados no Nise da Silveira hoje vivem em SRT

    Leia Mais
  • Prefeitura de Teresópolis lança NOVO PROMAJ em parceria com o CIEDS

    Projeto oferece formação e emprego para adolescentes e jovens

    Leia Mais