Trabalhe no CIEDS

Somos uma organização múltipla e integrada. Múltipla por reunir profissionais de diversas áreas do conhecimento e qualificações acadêmicas para garantir um corpo técnico altamente qualificado. Integrada por adotar uma estrutura de governança que aproxima áreas, projetos e equipes, garantindo uma atuação mais ágil e abrangente.

Ação Afirmativa:
Nossas oportunidades de trabalho estão abertas a qualquer pessoa independente de religião, cor, deficiência física ou mental não incapacitante para o trabalho, orientação sexual, identidade ou expressão de gênero. O CIEDS é contrário a qualquer forma de discriminação e está comprometido com a inclusão, a diversidade e a igualdade de oportunidades. Se você acha que pode se beneficiar da nossa política de ação afirmativa, por favor, informe na sua candidatura.

  • Agente de Formação - SP202107

    Principais atividades/atribuições:

    • Suporte à Coordenação e Analista Pedagógico do projeto para processo de formação;
    • Organizar, produzir e acompanhar a formação teórica sob a orientação do analista pedagógico;
    • Acompanhar o processo formativo e prover transferência de ferramentas de monitoramento e avaliação;
    • Organizar, acompanhar e monitorar a interação dos jovens com os equipamentos Culturais;
    • Organizar, acompanhar e monitorar encontros periódicos entre equipamentos da mesma região, supervisores e jovens com supervisão da coordenação e analista pedagógico;
    • Realizar visitas técnicas aos equipamentos;
    • Planejar e acompanhar plano de trabalho da atuação do jovem monitor cultural no equipamento;
    • Realizar comunicação periódica com jovens e gestores, sob orientação do analista pedagógico, analista de projetos sociais e coordenação para fins de gestão e acompanhamento do processo de mediação e formação  do Programa;
    • Organizar, acompanhar e monitorar integração entre jovens beneficiários do Programa, periodicamente, dentro do processo formativo;
    • Realizar interlocução entre processo formativo teórico e prático do jovem Monitor Cultural, sob orientação de coordenação e apoio do analista pedagógico e de projetos sociais;
    • Mediar conflitos e resolver problemas relacionados à execução do programa In loco (em especial entre supervisão, gestores e jovens nos equipamentos);
    • Produção de relatórios avaliativos de acompanhamento mensais de atividades;
    • Acompanhar e orientar o processo formação do programa no AVA;
    • Acompanhamento e mediação do processo formativo teórico sob orientação do analista pedagógico.
    Requisitos:
    • Nível Superior Completo - graduação na área de humanas;
    • Conhecimento em monitoramento e avaliação de projetos sociais;
    • Experiência, no mínimo, de 4 anos na área cultural e formação;
    • Domínio do Pacote Office e Excel (principalmente).


    Ter conhecimento em:

    • Política cultural;
    • Produção cultural;
    • Projetos sociais e juventude;
    • Formação e metodologia;
    • Mediação de diálogos.


    Ter experiência em:

    • Experiência com gestão e produção cultural e artístico, processos de formação relacionados com a cultura e a arte;
    • Experiência com metodologias, formação e gestão pedagógica voltada para a cultura.
                    

    Diferencial:

    • Inglês Intermediário;
    • Participado do Programa Jovem Monitor/a Cultural;
    • Experiência com metodologia, elaboração, planejamento, sistematização e acompanhamento de formações para a área cultural.


    Ao assumir a função o profissional se compromete com:

    • Transferência de conhecimentos tácitos;
    • Respeito e ética;
    • Flexibilidade e agilidade;
    • Boa comunicação verbal e escrita;
    • Proatividade;
    • Foco nos públicos (parceiros e internos).
    • Transmissão e consolidação de valores organizacionais, gerando sinergia e comprometimento;
    • Liderança e motivação de pessoas;
    • Implementação de novas ideias;
    • Promoção de práticas colaborativas;
    • Organização e sistematização de dados;
    • Entregas das metas e relatórios;
    • Memória organizacional;
    Benefícios:

    VR R$ 20,00/dia + VT (Bilhete Único)

    Horário:
    44h semanais
    Salário:
    4000.00
    Validade da vaga:
    a partir de 22/10/2021 até 27/10/2021
  • Coordenador de Segmento do SRT - RJ202122

    Desafio da posição

    • Coordenação da articulação intersetorial com diferentes serviços públicos e privados de saúde e assistência social
    • Supervisão e Monitoramento da equipe de segmento
    • Planejar e executar projetos de ampliação das capacidades individuais e coletivas dos moradores do SRT
    • Promover circulação e fortalecimento do vínculo dos moradores com território
    • Controle e prestação de contas de recursos financeiros dos moradores que possuem menor autonomia


    Principais Responsabilidades

    • Manter interlocução e articulação com o CAPS, participando dos diversos processos de desinstitucionalização, construção do PTS e do acompanhamento das ações pertinentes as RTs.
    • Estabelecer rotinas de acompanhamento, supervisão e avaliação para a garantia do funcionamento e cuidado qualificado no SRT.
    • Acompanhar os moradores do SRT em casa e no território;
    • Promover a integração entre os moradores, e destes com a família e comunidade
    • Acompanhar os moradores em audiências e outros espaços jurídicos
    • Auxiliar no aparelhamento das novas RTs junto aos novos moradores
    • Acompanhar os futuros moradores ainda institucionalizados
    • Efetuar controle e conferência mensal dos cadernos de gastos financeiros de cada um dos moradores, assim como caderno geral de cada casa, de acordo com as orientações da Superintendência de Saúde Mental
    • Articulação com dispositivos institucionais e comunitários do território
    • Observar e comunicar necessidades de manutenção da estrutura das RTs
    • Buscar interlocução com a referência dos moradores no CAPS
    • Oferecer suporte aos cuidadores e auxiliar na organização do cotidiano do trabalho
    • Disponibilizar-se a guarida por telefone em situações de urgência
    • Em situações de emergência dirigir-se a RT sempre que necessário a fim de oferecer suporte ao morador e ao cuidador, ou seja, em situações de agravo clínico ou de crise.
    Requisitos:
    • Superior Completo em: Serviço Social, Psicologia, Terapia Ocupacional, Enfermagem e demais categorias de profissionais da saúde
    • Experiência mínima de 1 ano em gestão na área da saúde

     

    Conhecimentos Específicos

    • Política de Saúde Mental e Desinstitucionalização
    • Cidadania e defesa de direitos
    • Coordenação de equipe
    • Desejável conhecimento em gestão e inovação

     

    Diferencial:

    • Especialização em Saúde Mental ou mais de 1 ano de experiência em projetos com foco na promoção da Política Nacional de Saúde Mental


    Competências Pessoais

    • Liderança;
    • Capacidade de organização;
    • Mediação de conflitos;
    • Capacidade de analisar cenários e sistematizar informações;
    • Comunicação assertiva;
    • Criatividade
    • Visão sistêmica
    • Proatividade;
    • Análise crítica;
    • Adaptabilidade;
    • Resolução de problemas;
    • Disciplina;
    • Trabalho em equipe
    • Sensibilidade com as causas sociais.

     

    Ao assumir a função o profissional se compromete com:

    • Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizagem;
    • Criatividade, originalidade e iniciativa;
    • Flexibilidade e agilidade;
    • Foco na solução de problemas;
    • Transmissão e consolidação de valores organizacionais, gerando sinergia e comprometimento;
    • Motivação de pessoas;
    • Implementação de novas ideias;
    • Promoção de práticas colaborativas;
    • Memória organizacional.
    Benefícios:
    • Adicional de Insalubridade
    • VT + VA (15,00)
    Horário:
    40 horas semanais
    Salário:
    4791.70
    Local:
    RJ
    Validade da vaga:
    a partir de 22/10/2021 até 29/10/2021