Um prato de independência e afeto

20/09/2018

Os jovens da Unidade de Reinserção Social acessam o mundo da cozinha por meio de oficina

Giovanna Diniz, com formação em nutrição,  trabalha nas Unidades de Reinserção Social de Bangu, Dom Hélder Câmara e Celly Campello, que acolhem crianças e adolescentes em vulnerabilidade social.

Ao perceber que a maioria dos meninos que estavam para deixar as unidades não sabia se virar na cozinha, ela teve uma ideia.

“Pensei em uma oficina para gerar a autonomia dos meninos que estavam saindo. Ensinar o básico, para que eles aprendam a se virar na cozinha, seja morando sozinhos ou com amigos” E foi assim que nasceu a oficina culinária entre Receitas & Histórias, criada para ensinar receitas simples e práticas, além de dar dicas sobre alimentação saudável e higienização de alimentos.

Inicialmente apenas para quem estava para deixar as Unidades de Reinserção Social, hoje é frequentada com entusiasmo por todos os atendidos e rendeu mais três outras oficinas temáticas: uma de biscoitos, uma de lanches rápidos e outra de bartender.

“Os outros meninos ficaram maravilhados, porque o mundo da cozinha é fascinante. Eles queriam aprender, fazer alguma coisa, serem úteis”, completa Giovana.

Com a oficina, os meninos passaram a incluir também autoconfiança e independência em sua dieta, ampliando suas perspectivas de futuro e trilhando um caminho mais inclusivo.

Esta URS é um espaço de acolhimento da Prefeitura em um modelo de congestão com o CIEDS.

Autor: Victoria Guimarães