Últimos dias para se inscrever no Juventude Empreendedora

26/11/2021

Programa de empreendedorismo chega a São João da Barra e região, no RJ

O programa Juventude Empreendedora, sucesso desde 2017 no Rio de Janeiro, agora chega a São João da Barra e região, no Norte Fluminense. As inscrições estão abertas até o dia 30 de novembro para jovens empreendedores, que tenham entre 18 e 29 anos. Para participar, basta acessar o site bit.ly/inscricaoje2022 e contar sobre sua ideia ou seu negócio.

Uma iniciativa do CIEDS, em parceria com o Porto do Açu, o projeto é totalmente gratuito para os jovens. A proposta é fomentar a criação de negócios de impacto social positivo na região, por meio de educação empreendedora que desenvolva competências do futuro e crie oportunidades de alternativas viáveis de geração de renda, principalmente para jovens que se encontram em vulnerabilidade social. 

Com grande experiência em diagnósticos territoriais e diálogos sociais, o CIEDS mediou o diálogo entre o Porto do Açu, que opera no Norte Fluminense desde 2014 e é um dos maiores complexos porto-indústria do país, com a população local, para a compreensão das maiores demandas do território. Um olhar para o futuro das juventudes pela ótica do emprego e da geração de renda foi uma das prioridades da população e, assim, foi construída a solução de levar o Juventude Empreendedora, tecnologia social do CIEDS atestada pela Fundação Banco do Brasil, para São João da Barra.

Até 50 candidatos do Norte Fluminense serão selecionados para participar de um programa de formação, que começa em janeiro de 2022. A capacitação tem duração prevista de 8 meses, em modelo híbrido, com aulas online e eventos de integração e avaliação, que ocorrem de forma presencial, em São João da Barra.

Ao final, as empreendedoras e empreendedores terão a oportunidade de ingressar na rede do Juventude Empreendedora, com formação continuada e networking com outros empreendedores do Rio de Janeiro.  Ao longo de 4 anos, o programa já recebeu mais de 2.600 inscrições e já investiu mais de R$ 200 mil em negócios.

"Tinha um sonho de desenvolver um projeto de educação, mas não sabia como realizar. Foi no Juventude Empreendedora que eu consegui organizar meus pensamentos, colocar as ideias no papel e retirar dele, que é o mais importante", conta Pedro Vandro, que fez parte do programa em 2020, quando fundou o Avançar, uma empresa cujo propósito é oferecer educação de qualidade e acessível, ensinando o que a escola muitas vezes não ensina.

O Juventude Empreendedora tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de jovens empreendedores que tocam seus negócios muitas vezes de maneira intuitiva, e que, por meio do programa, se inserem num processo formativo capaz de desenvolver competências e habilidades para aumentar o impacto no território com seus negócios e atuação cidadã.

“O Juventude Empreendedora me mostrou que o empreendedorismo vai muito além da habilidade de propor novas soluções para o mercado. Me mostrou que empreender é sonhar, transformar a sua realidade, mudar algo que está faltando em seu território”, comenta Juliana Carmo, que também faz parte da rede de empreendedores do programa.

“Meu maior aprendizado foi entender que o empreendedor não faz nada sozinho e estar em um local com outros empreendedores, que estão pensando em soluções para potencializar e colocar em práticas suas ideias e seus sonhos, não tem preço”, completa.

Tem interesse? Não deixe de se inscrever! Acesse bit.ly/inscricaoje2022

Texto por: Bruna Santamarina

Últimas notícias

  • Diálogo social é caminho para tomada de decisão em empresas

    CIEDS está à frente de pesquisas e diagnósticos territoriais

    Leia Mais
  • Secretaria da Juventude do Rio abre vagas para laboratório de inovação

    Jovens entre 15 e 29 anos podem se candidatar a uma das 75 vagas.

    Leia Mais
  • 'Quando a gente vê um dos nossos vencer, é como se ganhasse mil vezes'

    De mentoria a oportunidades: Engaja, projeto do CIEDS, entrelaça histórias

    Leia Mais