Sair da rotina e criar esperança no futuro de jovens

28/11/2019

Acolhidos das Unidades de Reinserção Social cogeridas pelo CIEDS tiveram oportunidade de refletir sobre o futuro em dia com programação especial

Foi em uma casa no morro, só que bem diferente das que os jovens e adolescentes acolhidos nas Unidades cogeridas pelo CIEDS estão acostumados a frequentar às sextas-feiras. A Casa da Glória, que está abrindo suas portas para a realização de eventos sociais e culturais depois de um belo trabalho de restauração, recebeu o Encontro de Juventudes em um dia de céu azul e canto de passarinhos.

Em uma oportunidade de encontrar outros jovens e adolescentes que dividem a mesma realidade, os quais 90% tiveram vínculos familiares rompidos ou fragilizados e encontram-se em situação de vulnerabilidade social, os acolhidos das URS puderam dialogar entre si sobre desafios e perspectivas para o futuro, contando com a mediação de profissionais do CIEDS.

As reflexões puderam ser aprofundadas de forma lúdica, por meio do jogo “SeVira”, do projeto Pense Grande, iniciativa da Fundação Telefônica Vivo realizada pelo CIEDS. Os jovens e adolescentes conversaram, riram e pensaram juntos em soluções para situações bem parecidas com as que eles passam, já passaram ou podem passar um dia.

Foi de arrepiar poder ouvir cada um falando espontaneamente sobre suas realidades e ao mesmo tempo se encorajando mutuamente. As reflexões puderam mostrar o quanto é possível enxergar oportunidades nos desafios e criar esperança para o futuro, independente da realidade atual.

"Aprendemos como é mais fácil lidar com as situações quando nos conectamos com outras pessoas, para um fortalecer o outro", refletiu Paula Miranda, Analista de Projetos da área de Engajamento Cívico do CIEDS, ao final do encontro onde participou como facilitadora. Os meninos e meninas, rapazes e moças, também entenderem que podem habitar espaços de lazer e fomento à cultura, seja na Zona Sul do Rio ou em qualquer outra região.

A ação foi fruto da parceria entre diferentes áreas do CIEDS, o que fortalece nosso fazer e nossas conexões internas. A equipe do Engajamento Cívico aplicou a metodologia de um dos seus projetos para os adolescentes e jovens acompanhados pelos abrigos da Prefeitura do Rio de Janeiro, os quais a área de Inclusão Social e Bem-estar do CIEDS realiza a gestão compartilhada.

Instigados a definir em uma palavra o que eles haviam aprendido naquelas reflexões, surgiram palavras como “coragem”, “troca”, “união”, “satisfação”, “positividade” e também “esperança”, palavra que incitou outra participante a complementar: “esperança que vou trabalhar do teu lado”, disse a jovem tida como mais rebelde entre os acolhidos, que mostrou travar várias batalhas difíceis em seu dia a dia, neste momento inspirada, olhando diretamente para a facilitadora. Momento que emocionou a equipe presente por sinalizar um dos princípios fundamentais do CIEDS, o de promover esperança no futuro.

Autor: Diago Savio Sucar