Saber Comunitário promove “Grupo Focal”

16/10/2013

CIEDS utiliza metodologia de avaliação como ferramenta para aperfeiçoamento do projeto.

O CIEDS, na perspectiva de sistematizar as ações do projeto Saber Comunitário, que está na fase final, realizou durante o mês de setembro a metodologia de avaliação “Grupo Focal”, junto aos parceiros, participantes, monitores das turmas, formadores e técnicos do SESC.

O “Grupo Focal” é uma técnica de pesquisa que objetiva uma avaliação qualitativa onde vários pontos são discutidos, levando os participantes a se expressarem de maneira espontânea, com o auxílio de um moderador e de um observador que estimulam os grupos a debaterem questões cruciais do projeto, coletando e sistematizando os dados apontados.

O projeto Saber Comunitário já formou 210 turmas, em seis meses de atuação. Capacitar lideranças e fortalecer instituições sociais das comunidades cariocas é o foco do projeto, que oferece 30 cursos gratuitos nas áreas de cidadania, desenvolvimento comunitário, meio ambiente e gestão de saúde.

 A bióloga e formadora Viviane Fernandes ministrou o curso de cuidador de idosos na comunidade do Morro dos Macacos, segundo a mesma foi uns dos mais procurados dentre os moradores do entorno. Viviane, que já atuou em outros projetos do CIEDS como Planseq e Projovem, afirmou que esta foi mais uma experiência nova e gratificante.

“A turma fica lotada e o que mais me deixa contente é que os alunos são muito interessados e interagem bastante entre eles e comigo. Este é um projeto que tem o feedback bastante positivo. O CIEDS realiza um bom trabalho e passa essa relação de confiança e companheirismo para nós, monitores”, disse Viviane.

Para Carolina Miranda, técnica do Sesc Tijuca, a iniciativa de aplicação da metodologia de “Grupo Focal” foi excelente. “Esta iniciativa fez com que percebêssemos as dificuldades e os pontos positivos não só da nossa unidade, como também das outras. Fiquei satisfeita com a avaliação do projeto”.

A metodologia “Grupo Focal” foi aplicada em cinco diferentes grupos (parceiros, participantes, monitores das turmas, formadores e técnicos do SESC), com o objetivo de ouvir sugestões, considerações, pontos positivos e o que precisa melhorar no projeto, alcançando as expectativas de todos os envolvidos.

O Saber Comunitário é um projeto do Sesc apoiado pelo CIEDS, que capacita pessoas para atuarem em 59 comunidades das Zonas Norte, Oeste, Sul, Centro, Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo, visando ao desenvolvimento local, através do fortalecimento de redes comunitárias. Uma média de 6 mil alunos já passaram pelo projeto.

Autor: Ana Paula Santana