Revitalização da Bacia do Rio Doce protagonizada pela juventude local

13/10/2020

Liderança Jovem abre inscrições em 8 municípios de Minas Gerais

Em fase de mobilização, o projeto Liderança Jovem, uma parceria com a Fundação Renova, impacta oito municípios de Minas Gerais, com o objetivo de tornar a juventude protagonista da transformação de seus territórios atuando na revitalização da Bacia do Rio Doce. As inscrições para participar da iniciativa, voltada para moradores da região do Médio Rio Doce, com idade entre 15 e 29 anos, acontecem entre os dias 13 e 30 de outubro. Para participar, clique aqui

Impactados pelo rompimento da barragem de Fundão, as cidades que serão beneficiadas são: Belo Oriente, Naque, Periquito, Governador Valadares, Alpercata, Tumiritinga, Galiléia e Conselheiro Pena. Todos ficam localizados na região do Médio Rio Doce. O projeto traz revitalização ambiental, social, econômica e cultural ao entorno, com o fortalecimento de redes locais e do Conselho de Juventude para Revitalização da Bacia do Rio Doce.

A meta do Liderança Jovem é realizar a formação de 200 pessoas. Ao final, a ideia é que cada uma tenha um projeto para apresentar, com direito a pitch. Um edital vai selecionar pelo menos oito deles, que receberão aporte financeiro para serem realizados. Cada município vai receber R$ 25 mil de capital semente para o desenvolvimento das iniciativas propostas pelos jovens. Todos terão acompanhamento de mentores durante o processo.

“A gente está trabalhando com territórios muito rurais. Em alguns municípios, o acesso à internet é escasso. Fizemos uma mobilização pelas lideranças locais, fornecidas pela própria Fundação Renova ou por agentes públicos. Quando não conseguimos acesso, fomos tentar pelas escolas. Conversamos com diretores, explicamos o projeto e todos ficaram muito empolgados. Sabem que vai fazer uma diferença muito grande para a região”, explicou Ludimila Amorim, Analista de Projetos do Liderança Jovem no CIEDS.

Eurico Correa, representante do CIEDS em Governador Valadares (MG), um dos municípios contemplados, ressaltou as dificuldades que o período de pandemia trouxe à fase de mobilização, mas reforçou a abordagem do CIEDS como essencial para o sucesso do projeto.

“Minas Gerais, especialmente esta região, necessita de contato, de afeto próximo, para quebrar barreiras e iniciar conversas. Chegar presencialmente é totalmente diferente. Quando a gente faz esse tipo de abordagem, consegue mobilizar muito mais rápido. Está sendo um trabalho constante. O CIEDS tem projetos no Brasil inteiro, mas tem uma abordagem em cada localidade, respeitando suas particularidades, diferente de algumas instituições que o mesmo que acontece no Sul acontece no Norte. O CIEDS buscou atender a minha região falando a linguagem da minha região”.

Jovens de 15 a 29 anos, moradores dos municípios listados, que queiram desenvolver habilidades de liderança e projetos para suas comunidades, são convidados a participar. Ao final da formação, haverá uma cerimônia de certificação de todos os jovens participantes, inclusive os que não foram contemplados pelo edital.

“O maior município é Governador Valadares, onde há uma concentração de jovens mais velhos e mais urbanos. Nos demais municípios, a realidade é diferente, eles são mais rurais. Em alguns, por conta do contato direto com as escolas, o público provavelmente será de adolescentes, com 15 a 18 anos”, explicou Ludimila, sobre o perfil dos jovens.

Após as inscrições, o projeto entra numa fase de seleção, com etapas de dinâmicas de grupo e entrevistas individuais. Após a seleção, o grupo começa a formação, que em um primeiro momento vai acontecer no ambiente virtual, em função da pandemia. Cada município terá um grupo de estudos com cerca de 35 jovens, mas a ideia é que todos os 200 jovens inscritos tenham momentos de troca em conjunto, com fóruns de juventudes.

*As fotografias foram tiradas antes da pandemia.

 

Texto por: Bruna Santamarina

Últimas notícias

  • Balcão de Ideias dialoga sobre potências e desafios do ensino integral

    Pilar Lacerda, Diretora da Fundação SM Brasil, foi uma das convidadas

    Leia Mais
  • Inscrições abertas para a Agência Aprendiz!

    Nove aprendizes receberão a missão de movimentar nosso Coletivo nas redes

    Leia Mais
  • Ingrid e Rafael inovam na comunicação e divulgação da Biblioteca

    Os jovens usam as redes sociais como estratégia para engajar novos públicos

    Leia Mais