Programa ECOA forma 20 agentes ambientais

28/02/2012

Durante cerimônia realizada no dia 10 de fevereiro, no auditório da Associação Comercial e Industrial, foram entregues os certificados de conclusão do Curso de Agentes Ambientais do ECOA.

Poços de Caldas, MG – Durante cerimônia realizada no dia 10 de fevereiro, no auditório da Associação Comercial e Industrial, foram entregues os certificados de conclusão do Curso de Agentes Ambientais, que teve a participação de 20 alunos e fez parte do Programa ECOA (Educação Comunitária Ambiental) do Núcleo de Sustentabilidade de Poços de Caldas. Participaram representantes de várias instituições da cidade, como as Cooperativas de Catadores e Coleta Seletiva (Ação Reciclar Poços) e de Coleta e Reciclagem de Gorduras e Óleos Residuais (Coopergore), a Assosul (Associação dos Catadores e Separadores de Materiais Recicláveis), da Unifal (Universidade Federal de Alfenas), Faculdade de Pitágoras, Escola Estadual Parque das Nações, ONG Planeta Solidário, Jardim Botânico de Poços de Caldas, Vigilância Sanitária, entre outras.

O evento contou com as presenças dos parceiros do ECOA: Mônica Espadaro, do Instituto Alcoa, Daniel Barretti, do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), João Batista Menezes, diretor de Operações da Alcoa em Poços, e Mônica Frison, supervisora de assuntos institucionais da Alcoa em Poços de Caldas.Também prestigiou o evento Yula Merola, diretora da Vigilância Epidemiológica de Poços de Caldas.

Ao falar durante o evento, João Batista Menezes lembrou a razão do Ecoa, uma forma da Alcoa contribuir com conhecimento para a formação de cidadãos conscientes, que colaborem na construção de uma sociedade mais sustentável. “Vocês serão os agentes multiplicadores destes conhecimentos, que resultarão em ações concretas para a construção de um futuro sustentável para a nossa cidade", disse.

Daniel Barretti destacou que o Núcleo do ECOA em Poços de Caldas é especial, pois foi o primeiro dos 11 implantados em todo o país, em localidades onde a Alcoa mantém operações. “Temos acompanhado o trabalho desenvolvido por vocês e estamos muito contentes com os resultados”, contou Daniel. “Esperamos que esta seja a primeira etapa da construção de um grupo entusiasta, que fomente a articulação de uma rede de parcerias para debate e proposição de ações para os problemas socioambientais de Poços de Caldas”.

Entre as participantes do Ecoa, uma das mais entusiastas era Luenia Maria Silva de Oliveira, da Ação Reciclar. “O Curso foi gratificante e pudemos conhecer melhor a realidade da nossa cidade e entender como poderemos atuar na solução dos problemas. Estou muito feliz pela oportunidade de participar do ECOA, e todo o conhecimento adquirido já está sendo disseminado entre meus colegas da cooperativa”, disse.

Para Irinéia Ardisson Souza, presidente da ONG Planeta Solidário, além de aprender coisas novas e abrir outros horizontes, ainda há vivência dos problemas de Poços. “Agora, juntando as nossas forças, tenho a certeza de que a partir de hoje poderemos realizar vários projetos importantes para a cidade”.

Fonte: Jornal Mantiqueira.

Autor: CIEDS