Políticas Públicas de Prevenção de HIV/AIDS em pauta

30/11/2016

Representantes do setor público, privado e de organizações sociais discutem prevenção com foco na juventude.

Uma pesquisa do Ministério da Saúde, com 12 mil pessoas, revelou que 94% dos brasileiros sabem que a camisinha é a melhor forma de prevenir doenças sexualmente transmissíveis, como a AIDS. Entretanto, quase metade dos entrevistados (45%) não utilizou preservativo nas relações sexuais casuais nos últimos 12 meses, mostrando que novas estratégias de prevenção são necessárias no combate da epidemia de AIDS no Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, o Rio de Janeiro é uma das capitais brasileiras mais afetadas pela epidemia do HIV/AIDS, com uma prevalência da infecção pelo HIV de 17,6% entre HSH (homens que fazem sexo com homens).

O I Encontro Carioca de Discussão das Políticas Públicas sobre Prevenção de HIV/AIDS para a Juventude, nesse contexto, tem como objetivo principal discutir quais estratégias são necessárias para oferecer um atendimento que contemple com eficiência as demandas da população jovem no âmbito da saúde sexual. Participarão representações da esfera federal, estadual, municipal, organizações civis e iniciativa privada.

Além do debate, o Encontro prevê um cronograma repleto de atrações para o público jovem, profissionais da saúde e pessoas interessadas na temática, como a oferta do teste rápido para HIV, cujo resultado sai em 30 minutos.

O I Encontro Carioca de Discussão das Políticas Públicas sobre Prevenção de HIV/AIDS para a Juventude é uma iniciativa do CIEDS – Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável em parceria com a UVA – Universidade Veiga de Almeida e promovido pelo projeto Atitude Jovem frente ao HIV/AIDS.

A organização do evento não oferecerá transporte ou alimentação aos participantes do Encontro. Estarão disponíveis os serviços da praça de alimentação existentes no Campus da Universidade, que é de fácil acesso por trem, metrô ou ônibus.

Serviço

Data: 2 de dezembro de 2016.

Endereço: R. Ibituruna, 108 – Maracanã. Rio de Janeiro/RJ

Das 8h às 18h.

Auditório da Universidade Candido Mendes, Campus Tijuca.

Autor: Rafael Biazão