O que é que a Favela tem?

29/07/2019

CIEDS apresenta casos de sucesso de empreendedorismo nas favelas

No Brasil, são mais de 12 milhões de pessoas morando em territórios de vulnerabilidade social, de acordo com levantamento realizado pela Data Favela em 2015. Dentre esta população existem pessoas que enxergam na comunidade o potencial de transformação social que precisam. Com o apoio do CIEDS, muitas destas pessoas utilizam o empreendedorismo como poderosa ferramenta para alcançar este objetivo.

Ao contrário do que muitos pensam, o empreendedorismo não se refere apenas à abertura de um negócio com o intuito de gerar renda para aquele que empreende. O ato de empreender corresponde à capacidade de um indivíduo ou grupo realizar coisas, sejam estas empresas, movimentos, associações, projetos, formais ou informais, com ou sem fins lucrativos, que criem valor para a sociedade como um todo e não somente para uma pessoa ou organização.

A partir desta semana, o CIEDS apresenta no Instagram alguns dos casos de empreendedorismo nas favelas que foram impulsionados por programas desenvolvidos e aplicados pela instituição. Será possível conhecer melhor histórias como a da Michele Fernandes, que com o Boutique de Krioula mostra a força da mulher negra e da cultura afro-brasileira. E também de jovens empreendedores locais, como o Raphael Barbosa que democratiza o marketing digital para pequenos negócios na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, por meio da Agência Mandarin.

Conheça melhor estas e outras histórias em nosso Instagram @ciedsbrasil a partir desta semana. É possível conhecer um pouco mais sobre o assunto na nossa publicação Negócios de Impacto.

Autor: Diago Savio Sucar | Ilustração: Guilherme Nascimento