Em 3 anos,Bairro Educador firma mais de 500 parcerias

29/08/2013

Projeto prima pela qualidade do ensino público, articulando parcerias e desenvolvendo atividades educativas.

Promover a interação entre família, escola, comunidade, estudantes e potenciais educativos dos bairros é uma das principais ações do projeto Bairro Educador (BE) no cenário educacional do Rio de Janeiro.  Executado pelo CIEDS, o projeto, que termina suas atividades no final de agosto, esteve integrado ao Programa Escolas do Amanhã da Secretaria Municipal de Educação e está alinhado a política de Educação Integral do Ministério da Educação (MEC).

Completando três anos de execução, o projeto atuou em 209 escolas da rede pública de ensino, sendo a maioria localizada próxima a áreas conflagradas. Do Cantagalo a Santa Cruz, o projeto formou uma rede que envolve escolas de 51 bairros de todas as regiões da cidade.

Orientado pelo Projeto Político Pedagógico de cada unidade escolar, o BE, por meio das atividades desenvolvidas com as escolas, tem por objetivo estimular a curiosidade, o prazer e o interesse dos estudantes pelo conhecimento, promovendo uma permanência interessada dos estudantes na escola.

O Bairro Educador é uma ferramenta que enriquece o trabalho da escola, pois proporciona aos alunos um olhar diferenciado sobre o mundo”, disse a professora Luciene Oliveira, do CIEP Dom Oscar Romero, localizado em Irajá.

O BE lançou este ano três publicações: “Tratado Metodológico”, “Grêmio é Fundamental” e “Práticas e Aprendizagens”, que se baseiam nas experiências de campo durante os três anos de execução do projeto.

Com um investimento indireto estimado em mais de 1,7 milhões de reais, o BE realizou 6.500 atividades educativas, dentre elas destacam-se as Formações de Educadores Comunitários, Caminhadas Ecológicas e as demais ações coletivas entre as escolas, como a Copa das Letras, Degusta Alemão, Desafio do Passinho, Feira das Profissões e as Trilhas Educativas.

Mais de 500 parcerias foram formadas nesses três anos de projeto, com intuito de tornar os parceiros corresponsáveis pelas atividades educativas, onde podem investir tempo e recurso, visando fortalecer a educação pública do país. Metrô Rio, Junior Achievement, SESC, Oi Futuro, Produtora Cultural Bonfilm, Museu Histórico Nacional, Faetecs, dentre outros parceiros,  proporcionaram diferentes atividades que  possibilitam um aumento e diversificação significativa das experiências educativas,  promovendo o desenvolvimento integral das crianças e adolescentes participantes do projeto.

“Tivemos influência positiva na educação pública, contribuindo com o aprendizado dos estudantes e integrando cada vez mais família e comunidade à escola”, disse Adriano Araújo, gestor de núcleo do projeto Bairro Educador.

Autor: Ana Paula Santana