Cariocas se reúnem no Centro do Rio para comemorar mais um Dia Mundial de Combate à Tuberculose

26/03/2012

Dia 24 de março é Dia Mundial de Combate à Tuberculose e, pela oitava vez consecutiva, o Rio de Janeiro se reuniu no Centro da Cidade para defender essa causa.

Na última sexta-feira, dia 23 de março, a sociedade civil, o Cieds, com o Projeto MOPE, os Foruns ONGTB e ONGAIDS, a Cruz Vermelha e outras organizações sociais se reuniram na Cinelândia a fim de unir forças e conscientizar a população sobre o combate e a prevenção à Tuberculose e às doenças relacionadas.

O MOPE - Mobilização, Participação e Enfrentamento das DSTs e AIDS com lideranças comunitárias da Cidade do Rio de Janeiro é um projeto de educação e saúde do Cieds que tem por objetivo capacitar líderes comunitários das zonas norte e oeste do Rio de Janeiro para o desenvolvimento de ações de prevenção às DST e AIDS em seus territórios de atuação.

A informação sobre as DSTs e a AIDS, e sobre a relação dessas doenças com a Tuberculose, é de enorme importância para a diminuição dos índices das doenças no país e para a melhoria da saúde e bem-estar do brasileiro.

Por isso, um ato público como o do dia 23 de março é fundamental para lembrar a sociedade da importância do cuidado com a saúde e para mostrar, mais uma vez, que a conjunção de forças voltadas para uma mesma causa pode mudar a realidade da saúde de nosso país.

Apresentação de grupos de teatro das comunidades, sala de filme com vídeos sobre saúde e doença, jogos, serviços como medição de pressão e teste de glicose, roda de conversas e distribuição de folhetos explicativos e de preservativos foram algumas das atividades promovidas durante todo o dia 23, a fim de convidar os cariocas – e todos os brasileiros, através da divulgação nos meios de comunicação – a pensar a tuberculose como uma doença grave e real, mas que, se devidamente prevenida, pode ser extinta.

Autor: Marina Rotenberg