Alunos visitam as instalações do Colégio Pedro II

13/08/2013

Guia de Oportunidades do Pontes para o Futuro orienta alunos a respeito das melhores escolas de ensino médio.

Fundado em homenagem ao imperador do Brasil durante seu período de regência, o Colégio D. Pedro II, segunda instituição de ensino mais antiga do Brasil, recebeu na quarta feira, 07, no Campus de São Cristóvão, no Rio, a visita de 30 estudantes da Escola Municipal São Tomás de Aquino. Os estudantes, por meio de uma articulação realizada pela equipe técnica do Pontes para o Futuro (projeto executado pelo CIEDS) com a direção do Pedro II, conheceram as intalações e os cursos que o colégio oferece. 

 O interesse em visitar o Colégio Pedro II surgiu a partir do “Guia de Oportunidades Escolares” lançado pelo Pontes para o Futuro em 2012. A publicação reúne sugestões de estudo, listando também as escolas públicas que apresentam bons resultados no ENEM e que recebem alunos por meio de processo seletivo.

O objetivo do Guia de Oportunidades Escolares é auxiliar não só os estudantes, como os responsáveis, no momento de transição do ensino fundamental para o médio, contribuindo para que a permanência do jovem na escola seja cada vez mais qualificada.

Com laboratórios de informática, quadras esportivas, sala especializada para a qualificação profissional em sustentabilidade, acervo bibliotecário que também recebe a visita de moradores de São Cristóvão e adjascências, espaço musical e uma sala que oferece atendimento especializado para alunos com deficiência, a instituição já formou personalidades que se destacaram na política do país, como os presidentes da República Rodrigues Alves e Nilo Peçanha.

Fascinado por música clássica, o estudante da E.M. São Tomás de Aquino, Deryk Almeida, de 14 anos, toca violoncelo há dois anos, por meio de um projeto social que atua na comunidade do Cantagalo. Ao conhecer o espaço musical do Pedro II o estudante afirmou que seu interesse em participar do processo seletivo do colégio aumentou.

“Adorei a visita. A forma deles se relacionarem é diferente do que estou acostumado a ver. Sonho em fazer um técnico em música para poder me aperfeiçoar ainda mais e futuramente cursar uma faculdade nessa área, ou produção artística”, revelou o estudante.

Os estudantes, ao visitarem a sala de artes da instituição, conheceram as obras do artista gráfico holandês MC Escher, que, inspirado em xilogravuras, apresenta construções impossíveis de serem feitas manualmente, explorando o infinito, a arquitetura e as pavimentações.

Os alunos visitantes assistiram a três apresentações musicais preparadas pelos estudantes do Pedro II, que com auxílio de instrumentos musicais e de percussão, tocaram e cantaram “Toda Forma de Amor”, de Lulu Santos, “Que país é esse” da banda Legião Urbana e “Show das Poderosas” da funkeira Anitta.

Flávio Balod, diretor adjunto do Pedro II, contou para os estudantes a história da instituição e explicou que o colégio já prepara o aluno para o vestibular, sem precisar necessariamente fazer um curso preparatório para ingressar em uma universidade pública.

“Muitos alunos que passam pelo Pedro II conseguem um bom resultado no vestibular. Mas para conseguir êxito é preciso ter força de vontade, desejo e ambição, e por meio dessa visita, queremos que vocês saiam daqui pensando desta forma e que estudem bastante para se tornarem nossos alunos futuramente”, disse Balod.

O projeto Pontes para o Futuro, financiado pela Fundação Itaú Social, tem atuação voltada para os estudantes do 8º e 9º ano da Escola Municipal São Tomás de Aquino, buscando apontar caminhos e oportunidades para o desenvolvimento da vida dos estudantes, integrando comunidade, escola e família.                   

Autor: Ana Paula Santana