Quem se define se limita

17/08/2016

Jornalista com paralisia cerebral estrela espetáculo musical;

Cassiano Fernandez, de 27 anos, é jornalista e faz canto lírico. Apaixonado por ópera desde pequeno, teve uma infância feliz, com festas de aniversário e saídas a parques e shoppings. Até aí, Cassiano seria só mais um jovem com uma história bastante comum. Exceto pelo fato de que tem paralisia cerebral.

A deficiência, porém, não representa uma barreira em sua vida, garante: “Apesar da minha condição, eu sou descolado, falo quatro idiomas, faço aulas de canto. É quase impossível alguém me ofender com questões de deficiência.”

Participante do programa Mapa de Nós, do CIEDS em parceria com o Rio+Rio, da agência de publicidade NBS, Cassiano agora pode acrescentar mais uma conquista ao seu currículo. Em julho, estreou em um espetáculo musical interpretando a si mesmo. “Paradinha Cerebral”, está no Teatro 2 do Fashion Mall até 29 de setembro.

A peça gira em torno do programa de entrevistas “Show da Madá”, cujos produtores, enfrentando sérios problemas de audiência, resolvem chamar Cassiano para ser entrevistado. A apresentadora, Madalena, interpretada pela atriz e cantora lírica Mirna Rubim, logo se surpreende com o humor ácido de seu convidado. Mirna é professora de canto do jornalista na vida real.

No decorrer do espetáculo, temas como trabalho, preconceito e relacionamentos surgem no diálogo entre os dois personagens. Colocando a deficiência em perspectiva e mostrando que somos muito mais do que as limitações que temos na vida, a peça promete provocar a reflexão de quem a assiste.

Texto por: Victoria Guimarães

Últimas notícias

  • Como o nosso modelo de gestão pode apoiar o terceiro setor?

    Prosperidade 360º foi desenvolvido por equipe multidisciplinar

    Leia Mais
  • CIEDS marca presença na Rio Oil & Gas 2022

    Somos parceiros ESG do evento e dialogamos em um painel da Arena ESG

    Leia Mais
  • CIEDS se une à ação da ONU em compromisso com ODS

    Somos os representantes brasileiros da ‘Global Week to #Act4SDGs’

    Leia Mais