Ajude projetos fantásticos a saírem do papel

21/12/2015

Projetos da Rede Búzios estão abertos para captação de recursos na plataforma Benfeitoria.

Sabia que com poucos cliques você pode contribuir para que projetos fantásticos sejam colocados em prática? Através de portais de crowdfunding, que são plataformas de financiamento coletivo, grupos e pessoas com ótimas ideias expõem projetos que podem transformar a vida de pessoas e comunidades, e você pode contribuir doando o quanto quiser para aquele projeto que você achar interessante.

Quer algumas dicas de projetos que estão precisando de sua ajuda para sair do papel? Então confira esses 7 projetos que fazem parte da Rede Sustentável de Relacionamento na Cidade Inteligente de Búzios, financiado pela Ampla e executado pelo CIEDS, que precisam da sua contribuição:

Projeto 1 – Religar
O projeto visa desenvolver a gestão de resíduos eletrônicos gerados em Búzios. Será disponibilizado um ponto de coleta itinerante através de uma carretinha para coleta e acondicionamento do resíduo eletrônico. Este veículo ficará alocado nos pontos estratégicos da cidade, coletado o resíduo eletrônico e encaminhando-o ao Instituto Ecológico Búzios Mata Atlântica para armazenamento temporário e, por fim, comercializado no mercado da
reciclagem.

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/religar

Projeto 2 – Fazenda Marinha
O projeto busca empreender e reestruturar a Fazenda Marinha da Associação dos Trabalhadores da Aquicultura, responsável pelo cultivo de moluscos bivalves. Tal espaço encontra dificuldades estruturais e, através da aquisição de equipamentos e implantação de uma rotina de visitação e passeios turísticos, espera-se a geração de novos postos de trabalho e melhoria da qualidade de vida das pessoas envolvidas no cultivo.

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/fazendamarinha

Projeto 3 – Somuneart
O projeto visa realizar oficinas para valorizar a auto estima das mulheres do bairro da Rasa através da produção de luminárias de bambu e bonecas aromatizadas – produtos oriundos de recursos naturais que se renovam em menor intervalo de tempo. Tais produtos serão posteriormente vendidos através de parcerias com empresas e entidades locais A Associação de Mulheres Negras e Afro Descendentes da Rasa estará à frente do projeto de qualificação das mulheres.

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/somuneart

Projeto 4 – Semeando novos caminhos
O projeto visa auxiliar no tratamento dos dependentes químicos e de álcool através de terapia ocupacional, proporcionando renda para a entidade que acolhe os dependentes (CRERVIP) através da capacitação profissional no âmbito da produção de hortaliças, com a instalação de um sistema de irrigação de baixo custo no terreno.

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/horta

Projeto 5 – Sacolas que te quero
O projeto tem por objetivo dar oportunidade para os membros das Associação de Mulheres de Búzios terem um complementação de renda através da produção de sacolas feitas a partir do algodão cru, em substituição às sacolas plásticas convencionais. Pretende-se que estas sacolas sejam vendidas em bazares beneficentes e lojas das associadas em consignação, a princípio, e
que a estampa seja customizada como forma de chamar atenção para temas como violência doméstica, Outubro rosa e outros concernentes à mulher.

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/sacolaquetequero

Projeto 6 - Batizado de bonecas
O projeto visa dar continuidade a um projeto iniciado em 2014, que ensinou às mulheres da comunidade da Rasa a confeccionarem bonecas negras. Nesta nova etapa, a o trabalho será realizado apenas por mulheres quilombolas e as bonecas, a exemplo da primeira versão, serão batizadas simbolicamente por um padre e receberão nomes específicos, de acordo com o modelo produzido, que serão remetentes à história de luta de homens e mulheres que viveram àquela época de resistência quilombola.

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/batizadodebonecas

Projeto 7 – Roteiro turístico
O projeto visa qualificar 18 pessoas (entre guias e demais membros da comunidade), com o objetivo de fomentar o turismo de base comunitária através da criação de mecanismos para a geração de renda e trabalho, como forma de desenvolver vários pontos culturais estratégicos.
Tais ações estão alinhadas ao conhecimento linguístico, baseado na história africana local dos povos que ali habitaram (bairros da Rasa, Praia dos Ossos, Centro e José Gonçalves).

Acesse: https://beta.benfeitoria.com/roteiroturistico

Texto por: Rafael Biazão

Últimas notícias

  • Como o nosso modelo de gestão pode apoiar o terceiro setor?

    Prosperidade 360º foi desenvolvido por equipe multidisciplinar

    Leia Mais
  • CIEDS marca presença na Rio Oil & Gas 2022

    Somos parceiros ESG do evento e dialogamos em um painel da Arena ESG

    Leia Mais
  • CIEDS se une à ação da ONU em compromisso com ODS

    Somos os representantes brasileiros da ‘Global Week to #Act4SDGs’

    Leia Mais