Reunião debate inovações na cidade de Búzios

30/01/2014

Rede Sustentável de Relacionamento na Cidade Inteligente de Búzios promove reuniões das suas Câmaras Técnicas.

Marcada pelo turismo e uma paisagem paradisíaca, Búzios, com o auxílio da Rede Sustentável de Relacionamento na Cidade Inteligente de Búzios, projeto da Ampla em parceria com o CIEDS, vem fortalecendo a ideia de tornar-se primeira cidade inteligente da América Latina. Nesse contexto, associações, hotéis, pousadas, ONGs, órgãos públicos, comerciantes e outros atores locais, se reuniram na terça, 20, no Centro de Monitoramento e Pesquisa da Ampla para mais uma reunião da Câmara Técnica de Energia, com objetivo de compartilhar as informações sobre os investimentos da distribuidora de energia na cidade e as demandas gerais do projeto.

A Rede Sustentável de Relacionamento na Cidade Inteligente de Búzios tem como objetivo criar um espaço de discussão e construção dos conceitos de sustentabilidade e inovação que envolve Búzios, potencializando também os setores turístico, educativo e empreendedor da cidade. O projeto estimula os moradores a pensarem em como lidar com o desenvolvimento e inovações tecnológicas de uma cidade inteligente. Além da Câmara Técnica de Energia, as entidades da Rede participam das discussões em outras cinco Câmaras: Qualificação e Geração de Renda; Turismo; Projetos Sociais, Culturais e Educacionais; Meio Ambiente; Serviços Públicos.

Durante a reunião foram discutidas questões como a conscientização da população sobre o consumo de energia com a instalação de medidores inteligentes, formas de inovação na distribuição e geração de energia renovável reduzindo a emissão de substâncias poluentes, além de sinal de wifi gratuito, dentre outros avanços tecnológicos. Os participantes do projeto esclareceram dúvidas e deram sugestões para melhoria de alguns serviços na cidade.

Apaixonada pela cidade, Maria Conceição Ferreira, representante do projeto CircoLo Social, que oferece oficinas gratuitas de circo para a população em geral há mais de 11 anos, falou sobre a importância do CIEDS para o projeto, ao abrir portas para novas parcerias.

“Moro há mais de 20 anos em Búzios e sou apaixonada pela cidade. Fiquei muito feliz em ser convidada para participar deste projeto. Vejo o CIEDS como um captador de parcerias totalmente estratégicas, nos colocando em contato direto com pessoas que podem nos auxiliar na busca de melhorias para a cidade”, concluiu Maria.

Primeiro aquatáxi elétrico brasileiro chega a Búzios

Os integrantes das entidades participantes da Rede Sustentável de Relacionamento tiveram a oportunidade de fazer um passeio no primeiro aquatáxi elétrico brasileiro, na terça feira, 21, na Marina da Rasa. O modelo que ainda está em fase de testes não emite CO2 e é mais econômico que os tradicionais táxis aquáticos utilizados com frequência na cidade.

O maricultor Manoel Azevedo aprovou o passeio e afirmou que a melhor opção de barco são os movidos a eletricidade, pois não poluem o mar, principal fonte de renda dos pescadores. “O motor movido a gasolina é altamente poluente e prejudica o meio ambiente. A melhor opção é uma forma de transporte sustentável que não polua as águas”.

Manoel também falou sobre como é importante para ele ser interlocutor entre a comunidade onde vive, a Rede e os meios públicos para sanar as dúvidas dos seus vizinhos. “Através da Rede consigo responder às dúvidas dos meus vizinhos com relação a diversos tipos de problemas como falta de água, luz, o que antes ninguém tinha a resposta, gerando uma maior união das redes com os moradores”, disse Manoel. 

Texto por: Ana Paula Santana

Últimas notícias

  • Como o nosso modelo de gestão pode apoiar o terceiro setor?

    Prosperidade 360º foi desenvolvido por equipe multidisciplinar

    Leia Mais
  • CIEDS marca presença na Rio Oil & Gas 2022

    Somos parceiros ESG do evento e dialogamos em um painel da Arena ESG

    Leia Mais
  • CIEDS se une à ação da ONU em compromisso com ODS

    Somos os representantes brasileiros da ‘Global Week to #Act4SDGs’

    Leia Mais