PROIND visita a exposição World Press Photo

27/05/2013

Programa ressalta, por meio da exposição, a importância da comunicação visual no ambiente de trabalho.

A realidade dos acontecimentos cotidianos registrada através de fotografias em uma das galerias da Caixa Cultural, no centro do Rio de Janeiro, marca a exposição World Press Photo, que recebeu na quarta-feira, 22, a visita dos participantes do Proind. A exposição, que está em sua 56ª edição, é resultado do maior concurso internacional de fotojornalismo, onde os concorrentes exploram temas a nível mundial como violência, política, economia, esportes, cultura e natureza.

O Proind, programa da Petrobras executado pelo CIEDS, promove a inclusão de pessoas com deficiência no ambiente de trabalho. O programa possibilita o desenvolvimento profissional e pessoal, oferecendo cursos de capacitação prática e teórica, onde além de trabalhar em diversos setores da Petrobras, participam de cursos divididos no módulo básico: “Cidadania e Direitos Humanos”, “Mercado de trabalho e empreendedorismo” e módulo específico: assistente administrativo, informática e desenvolvimento pessoal.

Postura, comportamento, linguagem escrita e verbal são conceitos trabalhados constantemente, por isso as atividades culturais realizadas pelo Proind fazem parte do processo de capacitação profissional. Neste sentido, a visita à Exposição World Press Photo buscou, estimular a reflexão a respeito da importância da comunicação visual e escrita no ambiente de trabalho.

Desempregada há quase dois anos, Maria de Lourdes e Silva de 40 anos, atualmente no Proind, comentou que ficou emocionada com algumas fotos retratadas na exposição.

“A foto que mais me emocionou foi a que retratou a violência doméstica. Esta é a primeira vez que venho a este centro cultural e estou muito feliz por isso”. Maria também afirmou que se sente mais motivada por ter conquistado um novo emprego, após muitas tentativas. “O Proind me ajudou muito, pois depois que entrei para o programa, além de conhecer pessoas novas, também pude melhorar minha renda”, ressaltou.

“O Proind tem uma grande sintonia com o CIEDS, fator chave que favorece o sucesso do projeto”, concluiu a coordenadora do Proind pela Petrobras, Juliana Mikami, ao ressaltar que o convênio com o CIEDS irá até 2014 e sua expectativa é que se estenda por mais anos.

Julio Cesar Vieira destacou que saiu da empresa onde trabalhou muitos anos para ingressar no Proind, pois viu o programa como uma oportunidade de se especializar e conhecer outras pessoas.

“Eu estava há muito tempo sem fazer nenhum curso. Esta é uma oportunidade muito grande para mim, onde também estou encarando como um desafio”, afirmou Julio.

O Proind disponibiliza ao todo 15 vagas para pessoas com deficiência, e tem a duração mínima de 1 ano para cada participante. Além disso, o programa possibilita o desenvolvimento de competências profissionais para a incorporação/manutenção dessas pessoas no mercado de trabalho.

Texto por: Ana Paula Santana

Últimas notícias

  • Como o nosso modelo de gestão pode apoiar o terceiro setor?

    Prosperidade 360º foi desenvolvido por equipe multidisciplinar

    Leia Mais
  • CIEDS marca presença na Rio Oil & Gas 2022

    Somos parceiros ESG do evento e dialogamos em um painel da Arena ESG

    Leia Mais
  • CIEDS se une à ação da ONU em compromisso com ODS

    Somos os representantes brasileiros da ‘Global Week to #Act4SDGs’

    Leia Mais