Cerimônia de entrega do selo Empreendimento Sustentável Iniciativa Jovem

23/05/2012

Oito empresas participantes do Programa Shell Iniciativa Jovem 2011 receberam, na última sexta feira, o selo de empreendimento sustentável.

Receber o selo ‘Empreendimento Sustentável’ do Shell Iniciativa Jovem não é fácil para ninguém, mas eles conseguiram. Rafael Vieira, Michele Vital, Érica Castilho, Fábio Neves, Rodrigo Colombo, Samuel Damaciano, Fagner Marçal e Paula Santos foram os oito, dos setenta participantes da edição de 2011, que receberam, na sexta-feira, dia 18 de maio, a chancela da Shell de que seus empreendimentos adotam práticas de gestão sustentável e já têm condições de caminharem sozinhos.

A cerimônia contou com a presença de cerca de 60 pessoas, entre as equipes da Shell e do Cieds, parceiros e integrantes da Rede de Empreendimentos Sustentáveis do Iniciativa Jovem, os oito jovens selados e o convidado Luiz André Buono Calainho, que iniciou o evento com uma injeção de motivação, ao contar sua vitoriosa história empreendedora.

Para ele, que é empreendedor da área musical, sócio de 12 empresas brasileiras e responsável por grandes festivais de música, a grande importância de dividir sua história com empreendedores que estão começando é a inspiração. “ Os empresários têm o dever de contar suas histórias para inspirar novos empreendedores. É  isso que fará com que mais empreendimentos surjam e permaneçam, fazendo do Brasil um país cada vez maior.”

Além de Luiz Calainho, Rodrigo Lins, coordenador do programa pelo Cieds, Roselene Souza, coordenadora executiva do Cieds e Leíse Duarte, assessora de Investimentos Sociais da Shell, deram suas palavras, emocionando os participantes e revelando a satisfação de entregarem os selos a cada um deles.

Na edição de 2011, 2786 pessoas se inscreveram no Programa, 70 foram selecionadas para participar, 26 chegaram até a última fase ‘Fábrica de Negócios’ e 12 foram submetidas à auditoria que concede o selo. As empresas Donna Lolla, Sonho de Criança, Grávida e Cia, Pinho Brasil, Paladá, CO2 Menos, Intervenções Urbanas e BAS foram aprovadas em todas as fases do programa e, ao final, na auditoria, recebendo o selo na cerimônia de sexta-feira.

O evento aconteceu no Restaurate CineBotequim, no Rio de Janeiro, e depois da entrega dos selos seguiu até o fim da noite, com muita música, alegria e comemoração.

Autor: Marina Rotenberg