Secretaria Municipal inaugura o primeiro Centro de Referência da Pessoa com Deficiência de Irajá

16/05/2012

1º Centro da cogestão do Cieds é inaugurado com presença do prefeito Eduardo Paes e da secretária municipal da pessoa com deficiência, Georgette Vidor.

Na manhã do último sábado, dia 12 de maio, foi inaugurado o Centro Municipal de Referência da Pessoa com Deficiência de Irajá. A unidade, de cerca de 1.600m², é toda construída dentro da lei de acessibilidade universal, com pisos táteis, rampas e banheiros adaptados, salas próprias para realização de oficinas, consultórios médicos, salas de convivência, de informática, reunião, além de auditório e uma ampla área a céu aberto, cercada de jardins, que estimula o contato com a natureza.

O evento de inauguração contou com a presença do prefeito Eduardo Paes, da secretária municipal da pessoa com deficiência Georgette Vidor e do presidente da RioUrbe, e responsável pelas obras, Armando Queiroga.

O Centro amplia as opções de atendimento dos moradores de Irajá e seu entorno e já configura uma nova maneira de tratar a pessoa com deficiência, pois muitos locais da cidade ainda têm a marca da exclusão e do preconceito, exatamente por não serem adaptados às necessidades de alguns cidadãos. Segundo Paes, com a chegada do Centro de Referência, o Rio de Janeiro terá acesso aos tratamentos – e à dignidade- que todas as pessoas têm direito.

Grande prova disso foi a construção da passagem adaptada que liga a estação do metrô de Irajá ao Centro de Referência. O acesso permite a locomoção mais facilitada e organiza a cidade de forma a atender todas as pessoas.

Uma equipe multidisciplinar, formada por fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, intérpretes de libras, musicoterapeutas e instrutores de oficinas está organizada para atender até 300 pessoas por dia, incluindo não só as pessoas com deficiência, como também seus familiares.  

Para Georgette Vidor, cadeirante há 15 anos, o centro é um exemplo de estrutura para o Brasil e para o mundo. “Sou deficiente há 15 anos, já viajei para muitos lugares e nunca vi uma unidade como esta: altamente capacitada, com atendimento de qualidade. A gente quer trabalhar para que o cidadão carioca tenha o melhor tratamento”, disse. 

O Centro Municipal de Referência da Pessoa com Deficiência de Irajá é apenas o primeiro dos quatro centros que serão construídos, até o fim de 2013, sob a cogestão do Cieds em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD).

As inscrições para tratamento começaram nesta segunda-feira, dia 14, na própria unidade - Av. Monsenhor Félix, 512. O Centro funciona de segunda a sexta-feira, a partir das 8h. 

Texto por: Marina Rotenberg

Últimas notícias

  • Como o nosso modelo de gestão pode apoiar o terceiro setor?

    Prosperidade 360º foi desenvolvido por equipe multidisciplinar

    Leia Mais
  • CIEDS marca presença na Rio Oil & Gas 2022

    Somos parceiros ESG do evento e dialogamos em um painel da Arena ESG

    Leia Mais
  • CIEDS se une à ação da ONU em compromisso com ODS

    Somos os representantes brasileiros da ‘Global Week to #Act4SDGs’

    Leia Mais