A Maloca dos Brilhante e o cenário atual

12/02/2021

A necessária adaptação de um espaço aberto para todos

O mundo virou de cabeça para baixo por conta da pandemia da Covid-19. A alteração na rotina de forma repentina, preocupações e receios vieram à tona devido à dimensão da disseminação do vírus. 

O isolamento não esperado chegou à Maloca dos Brilhante, um espaço reconhecido pela sua forte característica de experiência presencial. Devido à necessidade de uma resposta rápida frente ao momento, foi necessário uma adaptação prática e planejada para o local.

Visando garantir o máximo de cuidado às pessoas que visitavam frequentemente o local, prontamente foi criado um plano de ação para redução da capacidade do espaço a fim de evitar aglomerações e ainda a criação de escalas de trabalho a fim de preservar a integridade dos nossos funcionários.

A internet como ferramenta de comunicação nunca tinha sido tão presente no espaço como agora. Uma aceleração que foi impulsionada devido ao distanciamento. Assim foram criadas diversas atividades virtuais com boa adesão por parte do público, sem omitir uma pequena taxa de evasão que ocorreu devido à falta de recursos por parte dos beneficiários, como: falta de acesso à internet e dispositivos que permitissem a conexão ou, até mesmo, ausência de familiaridade com as ferramentas digitais.

“Com um fluxo anterior de em média 500 pessoas passando semanalmente pela Maloca dos Brilhante, não foi fácil para nós fecharmos as portas. Mas sabemos que foi necessário pensar no bem-estar da população local. Adaptamos grande parte das nossas atividades para o digital e conseguimos criar pontes interestaduais, o que foi super gratificante e uma nova experiência para alguns participantes das nossas oficinas” conta o Coordenador do CCMB, Aleffer da Silva.

A Maloca dos Brilhante foi equipada com dispositivos de higienização para as mãos, material de sinalização de espaçamento e redução da sua capacidade máxima. Aos poucos, o espaço cultural vem retomando suas atividades com todas as medidas de prevenção possíveis à espera da retomada ajustada ao que chamamos de “novo normal”.

Texto por: Denner Cezar

Últimas notícias

  • Oportunidades para construir redes para a prosperidade

    Projetos para apoiar via leis de incentivo em 2021

    Leia Mais
  • Quilombos: desenvolvimento comunitário e políticas são necessidade

    CIEDS, com o apoio da Shell Brasil, leva comida a 21 quilombos

    Leia Mais
  • Livro aborda voluntariado e inclusão de pessoas com deficiência

    Conselho de voluntariado empresarial reúne dados do IBGE e um case

    Leia Mais