Uma análise psicossocial da lei de cotas

A empregabilidade e a deficiência a partir da Lei 8.213/91.

O presente artigo tem por objetivo discutir o tema empregabilidade e a deficiência, tomando como recorte e objeto de análise a Lei 8.213/91 que refere as cotas para pessoas com deficiências em empresas dando ênfase aos aspectos psicossociais que fazem parte do cotidiano dos atores sociais envolvidos na questão. Trata-se de um tema de relevância acadêmica e social, tendo em vista a complexidade da contingência histórica-social-cultural. Para atingir o objetivo proposto, faz-se uso do referencial teórico da antropologia e sociologia, articulados com a psicologia social crítica. Enquanto metodologia aplicada ao estudo, utilizou-se a análise documental do projeto “Mapa de Nós”, coordenado pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS.

Acesse o artigo na íntegra.

Autor: Edimilson Duarte de Lima