Redes de Territórios Educativos deixa legado no MT

08/12/2017

O programa Redes de Territórios Educativos tem como objetivo fortalecer redes e parcerias que promovam a educação e o desenvolvimento integral da criança e do adolescente.

Desde sua implantação, em 2015, mais de 200 instituições entre escolas, universidades, Organizações da Sociedade Civil, Unidades de Assistência Social e empresas já participaram das ações do projeto, que atua nos municípios de Várzea Grande (MT) e São Luís (MA). 

Um dos casos de sucesso do programa, que é uma parceria entre a Fundação Itaú Social e o CIEDS, é a Organização da Sociedade Civil ACAMIS - Associação Caminhando Para Mais um Sonho.

“Vimos que com o programa criamos um laço forte tanto com o poder público quanto com outras organizações. Ganhamos visibilidade”, comenta Antonina Cajango, Presidente da Associação.

A ACAMIS oferece, para 200 crianças em vulnerabilidade social, aulas de dança, música, esportes, além de acompanhamento da vida escolar e suporte às famílias. 

Participando do Redes de Territórios Educativos desde seu primeiro encontro no território, Antonina consegue ver com clareza os benefícios trazidos pela chegada do programa: “Passamos a ser mais reconhecidos, a divulgar melhor o trabalho da casa. Por meio do programa e de uma participação mais ativa nos conselhos, passamos a fazer parcerias com diversas instituições”.

Com as parcerias, a ACAMIS conseguiu muitos avanços importantes para a atenção oferecida às crianças. Elas permitiram a renovação do mobiliário das salas, a abertura de mais cursos para as famílias dos meninos, além da ampliação da captação de recursos aplicando para fundos e editais. As capacitações oferecidas pelo programa melhoraram a gestão da Associação, que ganhou mais capacidade técnica. 

“Este ano foi um dos melhores anos que tivemos, financeiramente falando. Podemos dar todo o suporte para as parcerias que firmamos, multiplicamos os nossos recursos e até contratamos uma assistente social.”

Essa é uma das muitas histórias de organizações que cresceram graças ao Redes de Territórios Educativos e ao trabalho em redes para a educação integral. Para saber mais sobre o projeto acesse: http://bit.ly/2kvDovm 

Autor: Victoria Guimarães